sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Zé Bonitinho




Zé Bonitinho é um personagem criado e interpretado pelo ator brasileiro Jorge Loredo.

Surgiu pela primeira vez no programa Praça da Alegria durante a década de 1960 e continua aparecendo em programas como A Praça é Nossa.

* "Zé Bonitinho, o perigote das mulheres."

* "Zé Bonitinho, o amigo do peito da mulherada!"

* "Zé Bonitinho, aquele que não é sal grosso, mas tá sempre em cima de uma carne seca."

* "Zé Bonitinho, aquele que não é chuveiro, mas adora deixar as mulheres molhadinhas."

* "Zé Bonitinho, aquele que não é vaga de estacionamento, mas a mulherada está sempre disputando."

* "Zé Bonitinho, aquele que não é batom, mas todas querem ter na boca."

* "Zé Bonitinho, aquele que não é pijama, mas a mulherada adora levar para cama."

* "Zé Bonitinho, aquele que não é o Chapolin, mas também tem uma marreta biônica."

* "Zé Bonitinho, aquele que não é gel mas deixa a mulherada de cabelo em pé!"

* "Zé Bonitinho, aquele que não é barata embaixo da pia, mas a mulherada quando vê, logo se arrepia."

* "Zé Bonitinho, aquele que não é telefone, mas quando a mulher pega, não larga mais."

* "Zé Bonitinho, aquele que não é café, mas vai te deixar acordada a noite toda."

* "O chato não é ser bonito, o chato é ser gostoso!"

* "Minha beleza é mais absurda que a minhoca que não tem pé e nem cabeça."

* "Hello mulheres do meu Brasil varonil... vou dar a vocês agora um tostão da minha voz... Cameras, close! If I had a thousand women... au au... au au..."

Como Explicar Agora ?

video

Ondas









The Gladiators Para Sempre


A combinação dinâmica do membro fundador Albert Griffith, os vocais de ligação e as harmonias de, Clinton Fearon, e do cantor, Dallimore Sutherland, fez do Gladiators uma das bandas mais importantes da cena Reggae. Nas três décadas passadas, o grupo continuou a estender a tradição do ReggaeRoots. Albert Griffith, desde criança, ficava fascinado ao ouvir as músicas de igreja e aprendeu seus primeiros acordes na guitarra com um tio. Ele agregou mais conhecimento ao instrumento ao se enturmar com os guitarristas locais. Eles davam pequenas aulas ao pequeno Albert, que, em troca, carregava os instrumentos de seus “professores” a todos lugares onde se apresentavam.
Vindo a Kingston , em 1960, para arranjar trabalho, todas suas investidas foram mal sucedidas. O negócio era realmente a música, mesmo desanimado pelos "nãos" das gravadoras locais. A virada de mesa veio mesmo quando ele finalmente conseguiu um emprego. Não pelo trabalho em si, mas sim por que lá ele encontraria, Leonard Dillon, que deu forma mais tarde ao Ethiopians. Convencendo seu empregador a financiar uma sessão da gravação, Griffith manda o single, "You Are The Girl". Lançado em 1966 com o nome, Al & The Ethiopians. Com batidas marcantes e muita qualidade no som, o sucesso alastrou-se ainda mais com o maior hit do Ethiopians, "Train to Skaville". Em 1967, Griffith recrutou David Webber e Errol Grandison que mais tarde deu origem ao The Gladiators .
Seu primeiro single como um grupo, " The Train Is Coming Back", foi um hit modesto, mesmo com o grupo gravando para o duque Reid e Lloyd Dale. Eles realmente surpreenderam em 1968 com o Coxsone Dodd - produzindo, "Hello Carol". Continuaram a gravar para Dodd nos anos 70, além a gravar diversos singles para Lee Perry e para o Randy’s Studio 17. Entre 1974 e 1976, o grupo começou uma associação longa com, Tony Robinson, que liberou seus álbuns no selo, Groovemaster, da Jamaica e no selo, Virgin do Reino Unido. No começo dos anos 80, o Gladiators entra pro selo, Nighthawk para gravar três álbuns: "Symbol Of Reality", "Serious Thing" e "Full Time", e um álbum, "Dread Prophesy", gravado com a colaboração de Leonard Dillon. O grupo gravou cinco álbuns no final dos anos 80 e no começo dos 90 para o selo, Heartbeat. O Gladiators experimentou mudanças de seu cast em 1969 e em 1973. Webber foi substituído por Clinton Fearon em 1969 e Grandison por Dallimore Sutherland em 1973. No meio dos anos 80, o Gladiators excursionou com Yabby You e o Ethiopians.

Carros & Carros N°79










A Historia do Rastacry







A Banda vem durante esse tempo de estrada, se dedicando ao estudo da musica Reggae, agrupando as raízes da musica do cerrado; para conseguir a cada dia uma melhor harmonia para a musicalidade de suas composições. Tendo já percorrido os palcos das principais festas, bem como os palcos das principais casas de shows e eventos da capital goiana; dividiu palco com grandes nomes do Reggae internacional como: Groundation ( Banda Californiana ); Andrew Tosh ( filho de Peter Tosh ); Kynani Marley ( filho da lenda Bob Marley ) e Gladiators ( Banda Jamaicana percussora da musica Reggae ); como também já se apresentou ao lado das principais Bandas de Reggae do Pais como: Planta & Raiz, Leões de Israel, Ponto de Equilíbrio, Maskavo, Nação Zumbi, B Negão, Rãs Bernard ( ex vocalista do Cidade Negra ) e varias outras. Já se apresentou em Florianópolis, Praia do Rosa e outras cidades do litoral Catarinense. Apresentações em Palmas -TO; no litoral Baiano, como na cidade de Itacaré e também em Brasília - DF. Diversas apresentações em todo o Estado de Goiás como nas cidades de Britania, Pirenopolis, Jussara, dentre outras. Na cidade de Goiás a Banda já tem participado em festas realizadas durante o F.I.C.A.; em todas as suas edições; bem como em diversos outros eventos realizados na histórica cidade de Goiás. Sempre com apresentações marcantes, com uma forte expressão de palco, a Banda vem conquistando admiradores por onde se apresenta. Com muita dedicação e trabalho, a Banda Rastacry vem conquistando seu espaço no cenário musical nacional; levando a mensagem positiva do Reggae a todas as pessoas. JAH BLESS!!!

Pegadinhas

video

Mais Coisas Coisadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...